quinta-feira, 28 de junho de 2007

Sem comentários...

"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto"
Rui Barbosa, profetizando o Brasil de hoje.


"Uivemos, disse o cão"
José Saramago, Ensaio sobre a lucidez


...

2 comentários:

Liquificadorizando disse...

Realmente vivemos dias de cão! Onde somos chutados, expulsos, sacrificam nossos direitos, tiram de junto de nós nossa paz e tentam apertar ainda mais a coleira da resignação que nos colocaram. Para que ao vermos alguém honesto devolvendo uma grana que encontrou na rua para o seu verdadeiro dono, acharmos isso ingenuidade e não um ato correto; quando vemos assaltos, assassinatos por dinheiro, por que a vítima torcia para o time adversário, acharmos normal no caos que vivemos e ficarmos sem a capacidade de nos indignar e lutarmos por um país melhor; para estarmos de acordo com a política assistencialista (baseada nas bolsas esmola) em que vivemos e não defender nossos direitos de cidadãos que temos como nos alimentar dignamente, ter saúde, segurança, educação de qualidade, acesso a cultura e lazer.
É preciso dizer não a amestração e nos rebelar lutar pela nossa liberdade de expressão.

Liquificadorizando disse...

Gostaria de ver textos novos por aqui!

Vc escreve bem, porque sumiu do blog?

"(...) da tristeza não quero saber, a tristeza me faz padecer. Vou cantando fingindo alegria para humanidade não me ver chorar"

Beijos.