sexta-feira, 1 de junho de 2007

Mais uma vez...

Cansado de criar blogs que nunca saem da primeira semana de postagens, resolvi fazer algo na internet: criar mais um blog!!! rs

Mas esse, diferente dos outros que dei vida, pretende ir mais além, tanto da primeira semana de criação, como do ideal dos demais. A diferença começa pelo nome "Abobrinhas, não". Inspirado no título da canção do eterno Itamar Assumpção e da interna Alice Ruiz, pretendo fazer desse espaço o meu lugar, dando uma resposta ao mundo que está cheio de abobrinhas. Aqui, não! - Quer dizer, de vez em quando, falemos abobrinhas, afinal, não sou de ferro!!! rs. Mas, convenhamos, está na hora de escutarmos também o agrião, a escarola, a rúcula, trocando em miúdos (ou seria em papoulas?), está na hora do diferente, do original, do anárquico, do inusitado, dos
outros mundos e dos universos paralelos.

Você gosta do que vê por aí?! Eu não. E se quiser, chega junto: Abobrinhas, não!
Nilton

Na foto, Alice Ruiz e Itamar Assumpção

Abobrinhas não
Itamar Assumpção e Alice Ruiz

Cansei de ouvir abobrinhas,
vou consultar escarolas
prefiro escutar salsinhas,
pedir consolo às papoulas
e às carambolas,
pedir um help ao repolho
indagar umas espigas,
aprender com pés de alho
ouvir dicas das urtigas
e dessas tulipas
um toque pro miosótis,
um palpite do alpiste
uma luz da flor de lótus,
pedir alento ao cipreste
e pra dama da noite,
pedir conselho à serralha
sugestão pro almeirão,
idéias para azaléias
opinião para o limão, pimentão
abobrinhas não

4 comentários:

Ultramano disse...

E ae Nilton!! Passei pra prestigiar a sua iniciativa. Já conheço essa sua fama de "abortador" (palavra minha, grifo meu) de blogs (rsrs)...tomara que esse vingue, ou me melhor, se vingue, ou melhor ainda, te vingue!
Abraços.
Wesler.

Vinícius disse...

Oba! Falemos de abobrinhas, alfaces, escarolas, espinafres, agrião e couve-flor sim! Só não se esqueça do tempero, ooops! do contéudo... É legal também!!! Boa sorte com o BLOG, Nilton! Inté...

Flávio disse...

Muito bom....começou bem!!! Adorei, apesar de eu apreciar abobrinhas, na sopa ou nas conversas.

Abraço,

Flivio

REGINA disse...

ora cebolas ,carambolas , eu gosto de abobrinhas para comer,mas nao pra falar...kkkkk