segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Seria a Dindinha prima da Sininho?

Mesmo com as cortinas fechadas, a boca do palco do Teatro Paulo Autran, no SESC Pinheiros, neste último domingo, dia 27 de janeiro, dava sinais do que seria o cenário e o clima do show Achou! de Ceumar e Dante Ozzetti que faria a segunda apresentação do CD com o mesmo nome neste ano. No chão, estavam espelhadas inúmeras folhas secas. Nenhuma referência explícita à música de Nelson Cavaquinho e Guilherme Brito, mas é impossível não fazer uma analogia, ainda mais em tempos de Carnaval e... Bom, eu fiz! rs

Ao abrir o pano, começou um passeio musical pelo violão de Dante junto a voz inigualável de Ceumar. As folhas se espalhavam por todos os lados cuja energia era um convite a um passeio para se subir este morro musical, queimando-se ao sol e acabando-se ao lado do violão, de Dante é claro!

Os dois estavam acompanhados (muito bem acompanhados, diga-se de passagem), de Webster Santos (violão), Du Moreira (baixo), Sérgio Reze (bateria) e Milton Mori (cavaquinho). A linda iluminação ficou por conta de Marisa Bentivegna e a direção do espetáculo foi de Marcelo Romagnoli. Tudo devidamente registrado pelas lentes da TV Sesc e em breve o show estará sendo transmitido para todo o país pelo canal.

A intérprete e o compositor trabalharam o repertório do disco recente: Pra lá, Partidão, Achou!, Alguém Total, Alto Mar, Parei Querer, Parte B, Saia Azul, Visões, A Tardinha, Praga e Lenha na Quentura. Ainda nos presentearam com Vou Voltar, Dindinha e a inédita Ciranda. Não, Folhas Secas não entrou no repertório, mas na minha imaginação foi referência, pois fui me acabando no show.

Não conseguiria criticar nenhum show com o rigor que uma crítica musical necessita (nem tenho muita paciência para isso), mas vou falar sobre aquilo que senti, pois creio ser a experiência sensorial o impulso primordial que o show desse pessoal tenta conduzir na relação deles com a platéia. Mas antes, só para não fugir à regra, dou a este espetáculo todas as estrelas do universo.

Conheci Ceumar muito antes de Dante
e confesso que o show, para mim (e me perdoe o Dante se algum dia ler isso), é ela. Ela me arrebataria cantarolando um simples “laralará”, mas é claro que com a letra e o arranjo bem construídos de Ozzetti e seus parceiros tornam Ceumar ainda mais irresistível. Ontem, ao sair do show, o Vinícius comentou comigo que ela era uma fadinha. Perfeita lembrança. A Dindinha deve ser prima da Sininho, do Peter Pan, vinda diretamente da Terra do Nunca, pois não consigo encontrar palavra melhor pra lembrar a sua interpretação no palco com toda a simplicidade, a ingenuidade, a leveza e a brejeirice dela e da sua voz aliados aos seus movimentos, fazendo-nos sentir que a qualquer momento ela vai sair voando pelo teatro... ou melhor, ela nos faz sair flutuando da poltrona como se na gente tivesse jogado pó de pirlimpimpim. (Tem que ter um tijolo no lugar do coração quem assistir um show desses e ficar imune, sem sorrir ao término da cantoria).

De repente, penso nessas estrelas da moda, cuja música toca de cinco em cinco minutos no rádio, que não tiram o rosto da TV, cuja a produção vale uma fortuna e para você conseguir sentir alguma coisa no show a luz tem que explodir na sua cara e o som tem que estar nas alturas... Em contrapartida, é tão bom encontrar pessoas como a Ceumar que fazem a sua arte com o que ela apenas precisa ter: qualidade.

2008 começou bem! Espero que a Dindinha continue voando nesse imenso jardim de folhas secas que é o planeta, fazendo nascer naquelas pessoas que entram em contato com a sua energia, flores, amores, esperanças, sorrisos, leveza e paz... Quanto a mim, sempre que com ela estiver em contato, eu vou me acabando...

PS: Peço desculpas pelo tempo que fico sem aparecer aqui e minhas promessas vazias de que dessa vez vou demorar menos. Hoje gostaria de ter escrito muito mais sobre a Ceumar, mas o cansaço não permite. 2008, como eu disse, começou bem e espero que seja um ano produtivo no que diz respeito a verborragia no teclado! rs

Até sempre!
Nilton

Um comentário:

MIster Teles, o Musical disse...

Nilton, meu querido amigo, mude o endereco do meu blog em seu blog, meu blog mudou para http://aventurasmusicaisdemisterteles.blogspot.com/ obrigado e grande abraco pra vc!